oque me diz de brechós?

todo mundo sempre tem uma lista de argumentos a favor ou contra comprar roupas em brechós! já escutei tanta coisa…sobre energia das roupas, cheiro ruim de mofo ou de naftalina no lugar e nas roupas, que roupa de brechó é fantasia, é brega.. enfim! minha singela e humilde opnião é que você pode recorrer ao diferente costumizado, você ir lá criar o modelo, fazer, enfeitar e dar sua cara à peça, mas o diferente CLÁSSICO sempre será o modelo original da releitura que os estilistas andam fazendo ou até mermo que você possa tentar fazer. e que outro lugar existe isso? o diferente clássico? parece até antíteses!

quando você compra uma roupa nova, até chegar na arara da loja ela passou por inúmeras etapas e lugares e mãos que só Deus sabe! isso não faz dela tbm uma roupa com muitas energias, tanto negativas quanto positivas? aliás isso é uma balela punk já que a velhinha que possuía o tal casaco do brechó poderia ser uma criatura incrível, sabe lá oque ela pode ter passado na vida com o tal casaco, que momentos especiais o envolveu! então.. essa coisa de energia é mais uma vantagem do que um defeito.

a verdade é que nenhuma releitura tem tanta graça quanto à um modelo original da década. por exemplo as ombreiras, tem gente que acha muito over usar um modelo 80’s de verdade hoje em dia e prefere ficar apenas com ‘ombrinhos marcados’ … mas vai experimentar uma ombreira original e sente o poder!!!a diferença é gigante! e nem estou citando o fato de alguns brechós terem coisas raras de marcas famosérrimas que não se encontram mais hoje em dia , até porque essa coisa de envolver muitaaaas Realidade$ não é comigo. mas a verdade nua e crua é bem o seguinte: existem pessoas estilosas e pessoas que não são. existem as que gostam de brechó e as que não gostam… vamo ligar os pontos?

parece que não, mas existe muito preconceito com roupa de brechó AINDA e talvez que bom, porque senão não sobrariam raridades apaixonantes para comprarmos!rs alguns brechós paulistas que recomendo nem que for pra dar uma olhadinha!

• B. Luxo – Rua Augusta entre Al. Lorena e Oscar Freire – nº 2633 loja 16/18
• Nona Ema – Av. Renato de Andrade Maia, 229 – Guarulhos
• Minha Avó tinha – R. Itapicuru, 766
• na rua da praça  Benedito Calixto e nos arredores do Bexiga tem váááários, e INCRÍVEIS!

Esta entrada foi publicada em 29 de junho de 2010 às 15:52 e está arquivada sob furdunço. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: