Independência ou morte!

A gente vive babando pela Marie Antoinette e esquece de nossa primeira imperatriz, Maria Leopoldina.E de Austríaca para Austríaca, sou bem mais valorizar oque é nossa raiz, nossa história.Ela assumiu o ‘poder’ por um tempo enquanto o principe foi viajar pra Portugal, era considerada feia perante à nata da época e só não mandava e desmandava em D. Pedro como Marie fazia com o rei Luiz.E sempre valorizamos tanto os bordados franceses, tecidos italianos e esquecemos completamente que temos rendas nacionais com pontos que só existem aqui e feitas à mão , com matéria prima nossa!Vamos amar oque é da gente!Fui ao museu do Ipiranga este feriado e trouxe estes cartões fofos de peças que tem lá mermo (mas não pode tirar foto lá dentro), o museu do Ipiranga é um lugar bem belo de se ir, e de quebra ainda prestigiamos a universidade de são paulo, visitando o modelo de arquitetura da poli!

Vestido de noite, estilo melindrosa, em tecido acetinado verde-água, bordado com pastilhas peroladas e fios pratiados - Década de 1920

Vestido de noite, estilo melindrosa, em tecido acetinado verde-água, bordado com pastilhas peroladas e fios pratiados - Década de 1920

vestido em algodão, em cambraia e seda, forrado , gola alta de tule bordado, com motivos de folhas de parreira e cachos de uva - Década de 1910

vestido em algodão, em cambraia e seda, forrado , gola alta de tule bordado, com motivos de folhas de parreira e cachos de uva - Década de 1910

Vestido infantil de fustão branco forado, mangas curtas, pala, mangas e barra com passamanaria, sutache e rendas.Fecha-se por meio de dois botõtes e dois colchetes de gancho - Década de 1920

Vestido infantil de fustão branco forado, mangas curtas, pala, mangas e barra com passamanaria, sutache e rendas.Fecha-se por meio de dois botõtes e dois colchetes de gancho - Década de 1920

Na época da colonização a maioria das roupas finas eram de fora, já que eram trazidas pelas estrangeiras burguesas ou então mais pra frente, feitas por alfaiates com matéria prima ‘importada’, só muitas décadas depois vieram essas feitas de produtos na maioria brasileiros!

Acho bacana a história de engomar, camisas e até camisolas, dá uma sensação de arrumadinho,de limpo!Mas acho que devia ser bem sinistro menstruar naquela época já que as roupas de baixo eram tudo branca e as de cima  a maioria claras!

Esta entrada foi publicada em 2 de maio de 2009 às 00:52 e está arquivada sob inspiração. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: